2020-09-04 – O começo de uma carreira como Game Developer no dia em que cumpri 45 anos…

Nenhuma descrição de foto disponível.

Gonçalo Ferreira – Projectos Pessoais

No dia em que cumpro 45 anos de idade, partilho simbolicamente os dois projectos aos quais vou dedicar mais tempos livres durante este próximo ano de vida, e é importante para mim porque nos últimos dias estive a optimizar o game engine e percebi que é a coisa que mais gosto de fazer em programação, e ainda para mais, permitir-me-á juntar o Desenho, Pintura, composição de Música, e outras artes que pratico, à programação. A criação de videojogos é uma Arte em si.

Era para partilhar algum feito de força novo e original, para celebrar a juventude (o sentir-me com 20 anos de idade por dentro e por fora), mas como acordei com dores de cabeça (haha), fica para o ano, este ano vou partilhar simbolicamente esta imagem, com o Game Engine em C++, e o dos Sistemas de Trading.

Mas provavelmente vai ser mais após 2021, porque ontem vi que teria de retomar o projecto da Intranet Open Source que nunca cheguei a acabar. Por isso este ano, até Dezembro, quem sabe Janeiro, 80% dos meus tempos livres de programação, vão ser para a Intranet Open Source em PHP, 20% para outras coisas.

Em Janeiro vai ser 60% para o Game Engine e 30% para os Trading Systems e 10% para o resto.

Os 20.000 FPS são reais (aqui um cat dos logs obtidos), numa máquina mais poderosa.

Já agora, o Game Engine é global (classes partilhadas na pasta virtual “lib”), mas depois terá classes “sub-globais” específicas a cada género, estou a desenvolver um “Platformer” e um “Horizontal-Shooter” e um “Vertical-Shooter”, mas no fundo os dois serão “Shooter” apenas na libraria, mas os dois exemplos serão diferentes, e depois criarei outros estilos, mas no fundo o game-engine será o mesmo, os exemplos criados é que terão nomes diferentes.

Falta simplificar/organizar o código, eliminar ao máxmo redundâncias, meter o mais OOP possível onde dá jeito que seja, e por fim optimizar se possível, colocando pointers, ou até removendo (há situações em que usar um pointer pode ter mais carga que não usar). Etc.

E no fim, vai ser só criar jogos. 😛

O meu Futuro dos tempos livres será criar videojogos, todo o tipo de videojogos, e hei-de acabar todos os outros projectos pelo meio, mas um dia em que estejam todos acabados, dedicar-me-ei a tempo inteiro aos videojogos. 🙂

Post no Linkedin na altura:

«No dia em que cumpro 45 anos de idade, partilho simbolicamente os dois projectos aos quais vou dedicar mais tempos livres durante este próximo ano, e é importante para mim porque nos últimos dias estive a optimizar o game engine e percebi que é a coisa que mais gosto de fazer em programação, e ainda para mais, permitir-me-á juntar o Desenho, Pintura, composição de Música, e outras artes que pratico, à programação. A criação de videojogos é uma Arte em si.

Era para partilhar algum feito de força novo e original, para celebrar a juventude (o sentir-me com 20 anos de idade por dentro e por fora), mas como acordei com dores de cabeça, fica para o ano, este ano vou partilhar simbolicamente esta imagem, com o Game Engine em C++, e o dos Sistemas de Trading.

Mas provavelmente vai ser mais após 2021, porque ontem vi que teria de retomar o projecto da Intranet Open Source que nunca cheguei a acabar. Por isso este ano, até Dezembro, quem sabe Janeiro, 80% dos meus tempos livres de programação, vão ser para a Intranet Open Source em PHP, 20% para outras coisas.

Em Janeiro vai ser 60% para o Game Engine e 30% para os Trading Systems e 10% para o resto.

Os 20.000 FPS são reais (aqui um cat dos logs obtidos), numa máquina mais poderosa.

O meu Futuro dos tempos livres será: Videojogos.»

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

RSS
Follow by Email
LinkedIn
Share
WhatsApp