2021-02-05 – Eu e o meu poder incrível de reverter o Tempo (no meu Game Engine em C/C++)…

Eu e o meu incrível poder de reverter o Tempo. O mal é que só funciona com as ondas, não com peixes assassinos. 😛

Além disso reparem na perfeição das bolhas, assim que tocam na superfície da água, desaparecem e que posso acelerar e desacelerar as ondas..

Sobre o time-reversal, na realidade foi um pequeno mecanismo que criei para poder testar o funcionamento das ondas, é que tinha passado dos 220 FPS para uns 30 FPS com o peso disto tudo (em rascunho e chegou aos 5), por isso tive de optimizar o código, e voltei aos 150 FPS e vou a caminho dos 220 de novo nesta máquina velha.

Basta sabermos como funciona a máquina e o que a pode atrasar ou não para podermos criar código eficiente. Neste caso, envolveu vários mecanismos para retirar peso ao CPU e usar caches do mesmo (e não memória real que fica distante e o peso é grande também), e consigo com tudo isto uns bons FPS.

O giro é que dá para ver que com mais velocidade a água parece mais realista, acho que mudei de ideias e não vou colocar ondas suaves e lentas, mas sim ondas mais mexidas (não tanto como na imagem), para tentar ter algo mais bonito e realista.

Sobre o peso disto tudo, reparem que são várias superfícies de água, uma delas tem 7000 píxeis de comprimento, e o jogo está a calcular as superfícies em tempo real, e estas duas plantas mandam centenas de bolhas por segundo, eu dezenas, e todas são testadas a ver se saem da água, cuja superfície muda, tudo em tempo real.

2021-02-05.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

RSS
Follow by Email
LinkedIn
Share
WhatsApp